Segunda onda de Kovid? Cidades e regiões brasileiras que contribuem para a disseminação da doença

Legenda da foto,

O paciente foi internado na UTI do Hospital Albert Einstein em São Paulo

Enquanto o debate sobre o que está acontecendo no Brasil é a segunda onda do Kovid-19 ou os intermináveis ​​picos da primeira onda, o número de pacientes internados com doenças respiratórias graves deve aumentar em 15 estados brasileiros, incluindo 10 capitais.

Esses dados foram incluídos (no período de 8 a 14 de novembro) em levantamento semanal realizado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) vinculada ao Ministério da Saúde, com base em prontuários oficiais de casos de síndrome respiratória aguda (SRAG), incluindo Kovid-19. .

Este indicador é muito preciso para tentar entender a situação da doença no país, pois trata de pacientes internados com enfermidade e é menos distorcido pela falta de exames para detectar o Kovid-19.

Neste ano, já foram notificadas 371 mil doenças respiratórias graves no país. Destes, 98% dos casos analisados ​​em laboratório são Kovid-19 – com média anual de 40 mil casos.

More from Benjamim Andrade

Kovid-19: 200 especialistas do CHUC diagnosticados com a doença

Mais de 200 (2,63%) profissionais de saúde do Hospital e Centro Universitário...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *