COVID 19. Status minucioso do novo vírus corona no país e no mundo

Govt 19. Status minucioso do novo vírus corona no país e no mundo

Aqui nós acompanhamos todos os desenvolvimentos para a disseminação do SARS-CoV-2 internacionalmente.

Mais atualizações

12h30 – Dois médicos do Centro de Saúde de Alzheimer estão infectadosDois médicos do Centro de Saúde Algustral foram infectados com o vírus Govit-19 e apenas um médico está a consultar, disse hoje à Lusa o chefe do serviço de saúde local de Pico Allendez (ULSPA).

12h09 – Espanha vacina dezenas de milhões de pessoas

11h47 – Os russos dizem que o Sputnik V será 92% eficaz

De acordo com os resultados iniciais da última fase dos testes clínicos, a vacina russa Sputnik v. Govit-19 tem 92 por cento de eficácia na proteção de pacientes, garantindo o fundo de investimento russo.

O anúncio foi feito dois dias depois que o fabricante farmacêutico americano Pfizer revelou que estava trabalhando em uma vacina de teste com 90 por cento de eficácia.

11h25 – A Pfizer entrega até 300 milhões de doses de vacina para a UE

A Pfizer e a parceira alemã Bioendech anunciaram na quarta-feira que concordaram em fornecer uma vacina de 300 milhões de doses contra o Kovit-19.

11h10 – Irã relata outras 462 mortes e 11.780 novos casos

Houve um total de 39.664 mortes e 715.068 infecções desde o início da epidemia.

10h55 – Explosão na casa da Ficura de Costello Rodrigo

Em Escalho, no município de Ficura di Costello Rodrigo em Carta, a erupção do Covit-19 já afetou 41 pessoas, entre usuários e funcionários.

10h 37 – Aviso dos médicos de família

A Associação Portuguesa de Médicos Gerais e de Família afirma que a capacidade de resposta de muitos centros de saúde está a atingir o seu limite. A associação diz que as consultas com pacientes não emergenciais para tratamento precoce já foram adiadas.

 

Com a chegada da segunda vaga da epidemia, é urgente investir em mais recursos humanos para estes serviços, afirma Rui Nokuira, presidente da associação, à Antena 1.

10 23 – Protesto na escola após a epidemia

Trabalhadores que não lecionam no grupo Escolas Virgilio Ferreira estão em greve. No contexto das epidemias, condenam a falta de recursos humanos nas empresas, que com recursos muito limitados não conseguem cumprir os requisitos de saúde.

 

READ  Território? O campo aqui não é fácil, é pesado e é lindo

10h: Há mais 345 mortes e 13.076 epidemias na África

No total, os Centros da União Africana para Controle e Prevenção de Doenças relataram 45.954 mortes e 1.904.820 casos desde o surto.

9h54 – Apoio a lojas e restaurantes em Lisboa

A Semara de Lispova apoiará lojas e restaurantes que estão com problemas financeiros devido à crise epidêmica.

 

Nos próximos quatro meses, os comerciantes e comerciantes que se inscreverem podem receber até US $ 8.000, até que as vendas caiam em mais de 25 por cento.

9h45 – Mesquita Central de Lisboa interrompe as orações de sexta-feira

O xeque David Munir explica à Antena 1 que o objetivo é evitar lotar o local no dia do culto para os muçulmanos.

 

A crise está gerando pedidos de ajuda de cada vez mais pessoas na comunidade muçulmana. Eles recebem mais de cem pedidos por mês.

9h43 – Outros 3.770 casos e 75 mortes na Indonésia

Ao todo, 448.118 casos e 14.836 mortes foram notificados no país desde o início da epidemia.

9h 11 – Casos no Norte estão diminuindo

O número de infecções diárias causadas pelo novo vírus corona no norte está “a diminuir”, disse hoje um especialista da Universidade do Porto.

No entanto, em relatório à Agência Lusa, o matemático Oscar Felgueros alerta, porém, que o número de novos casos vai “ultrapassar quatro vezes o limite estabelecido por 100 mil pessoas”.

8h33 – Rússia registra 432 mortos

De acordo com dados oficiais, a Rússia registrou 432 mortes adicionais nas últimas 24 horas, a pior diária no país desde o início do surto. 31.593 pessoas morreram no país.

19.851 novos casos de Govt-19 foram relatados nas últimas 24 horas, dos quais 4.477 em Moscou. No total, 1.836.960 casos foram notificados no país desde o surto.

8 horas 17 – EUA quebra recorde. 200 mil casos em um único dia

Nas últimas 24 horas, o Govt-19 dos EUA ultrapassou 200.000 novos casos, um recorde desde o início da epidemia.

De acordo com dados da Universidade Johns Hopkins, o país registrou 201.961 infecções em um único dia, o que pode ser elevado por incluir alguns resultados não vistos no fim de semana.

READ  Fitch mantém classificação de médio-bom e estável por 3 anos, mas agora vê recessão de 8,8%

Embora o número de mortos ainda seja inferior ao pico diário de 2.200 registrado em abril, o país registrou 1.535 mortes nas últimas 24 horas, ante 239.588 desde o surto.

Somente nos primeiros 10 dias de novembro, as autoridades locais de saúde disseram que os Estados Unidos ultrapassaram um milhão de novos casos de infecção com o novo vírus corona.

7h58 – Alemanha informa novos númerosO número de casos confirmados do novo vírus corona na Alemanha subiu para 18.487 nas últimas 24 horas, elevando o total para 705.687 desde o surto.

Os dados mais recentes do Instituto Robert Koch de Doenças Infecciosas relatam um total de 11.767 casos de 261 casos perigosos, além do Govit-19.

7h40 – Nível do jogo

As empresas terão um prazo maior para cumprir as obrigações tributárias. O governo ajustou o calendário financeiro para os meses de 2020 e 2021.A filosofia de flexibilizar o calendário da epidemia é mantida.

O novo regulamento foi elaborado com base no despacho dos Revisores Oficiais de Contas.

As empresas agora podem emitir uma notificação de IVA até o dia 20 de cada mês. O prazo para entrega do Modelo 10 foi prorrogado até 25 de fevereiro.

O fornecimento de informações comerciais simples é até 15 de julho e o anúncio do IRC é até 1º de março.

A fatura em formato digital será aceita até o final de março. O objetivo do governo é reduzir a circulação de notas fiscais em papel durante as epidemias.A Federação das Micro, Pequenas e Médias Empresas vê isso como um movimento positivo, mas não vai resolver todos os problemas.

Na primeira onda do Govt-19, as faturas digitais começaram a ser usadas cada vez mais. A ideia é reiniciar esse processo.

Assim, a fatura em formato digital será aceita até 31 de março.
Infecções na prisão de Lisboa

Duzentos internos da prisão de Lisboa estão em confinamento solitário. A mudança segue seis surtos de infecções entre presidiários.

Assim, presos isolados e cerca de 30 funcionários farão os testes.

As visitas familiares para presidiários são suspensas e apenas as visitas do Ministério Público são mantidas.
Benéfico
O Hospital Penafil acertou a possibilidade de readmissão no hospital. Pelo menos 14 pacientes com Covit-19 estavam esperando para dormir na sala de emergência.

READ  Uma mutação do coronavírus no vison pode colocar a vacina em perigo? Compreendo

Nenhum hospital vizinho respondeu.

Até ao momento, já foram internadas mais de 200 vítimas nos Hospitais Patre América de Penafil e nos Hospitais São Gonaldo de Amarante.
Açores

Nos Açores, está encerrada a unidade de saúde Lakova, em São Miguel. Um profissional de saúde foi infectado com o vírus corona.

Todas as interações de risco são identificadas. A unidade de saúde estará fechada até pelo menos 20 de novembro.
Foto em portugal
De acordo com o último Boletim Epidemiológico da Diretoria Geral de Saúde, mais 62 pessoas morreram na segunda e terça-feira, elevando o total para 3.021 desde o surto.

Desde 2 de novembro, o número de mortes diárias sempre foi superior a quatro dezenas e está em uma tendência crescente.

Outras 38 horas de infecção por SARS-CoV-2 foram relatadas em 24 horas. Este é o menor número desde 4 de novembro.

2.742 pessoas foram internadas no hospital. Na terapia intensiva, na terapia intensiva, havia 382 pacientes.
Estrutura internacional

A epidemia Covit-19 causou pelo menos 1.263.890 mortes em mais de 50,9 milhões de epidemias, de acordo com o balanço, que é constantemente atualizado pela imprensa francesa.

O Supremo Tribunal Federal deu à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (NVISA) 48 horas para esclarecer os critérios utilizados nos testes e testes da vacina chinesa contra o coronavírus-19.

A decisão do juiz Ricardo Lewandowski vem 24 horas depois que a Anvisa Koronovak suspendeu os julgamentos pela morte de um voluntário.

O juiz quis saber “os critérios utilizados para a realização dos estudos e testes relacionados com a vacina mencionada acima, bem como outras vacinas e outras vacinas contra Govt-19”.

Ricardo Lewandowski cita o “relevante interesse público e coletivo” do caso, destacando que “a saúde é um direito de todos e um dever do Estado, garantido por políticas sociais e econômicas que visam reduzir o risco de doenças”.

More from Benjamim Andrade

Resposta à epidemia. O governo aplica subsídios e ignora empréstimos

Antonio Costa começou lembrando que a pandemia não era apenas um desafio...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *