Vacina contra a gripe Sim, Kovid-19 nos vemos em breve

Vacina contra a gripe Sim, Kovid-19 nos vemos em breve

Será chuvoso ou Kovid, mas haverá menos movimento no Centro de Saúde Set Rios. Alguns usuários deixaram bem claro que não terão pressa em lançar uma nova vacina contra a SARS-CoV-2. Por dentro, o responsável por 280 mil clientes acredita que não há necessidade de inventar, em essência, seguir o plano da gripe.

Augusto Barbosa faleceu há 80 anos, ele tem uma doença crônica, mas tem mais medo da nova vacina do que do novo vírus, “Eu suspeito, está tudo muito rápido. Eu sei que é bom. Eu me vacino todo ano e nem lembro do resfriado … “

Atualmente, muita atenção está sendo dada ao gerenciamento da fase final da vacina contra a gripe Zono Ramirez. O director clínico do Grupo Centro de Centros de Saúde (Seth Rios, Lumière, Alvalade e Benfica) em Lisboa Norte não espera grandes surpresas na hora de utilizar novas vacinas para o Kovid-19.

“Temos 280.000 usuários. Todo ano nos acostumamos a vacinar grupos de risco. Com a vacina contra a gripe, não é muito diferente”. Em princípio, Jono Ramirez entende que nem é preciso aumentar o número de enfermeiros, pois pode ser necessário “desviar temporariamente alguns de atividades de baixa prioridade”.

Esses profissionais estão acostumados a ir para casa, ter equipes para unidades de longa permanência e quando os clientes não podem, costumam levar a vacina para casa.

O acompanhamento dos efeitos colaterais segue o mesmo mapa: “Os efeitos adversos costumam aparecer na primeira meia hora, muito graves. E ninguém está vacinado e pronto, as pessoas estão sempre com esse período. Os efeitos de longo prazo costumam ser leves e as pessoas também se consultam”, diz a médica.

READ  O vídeo de Joe Biden foi editado para parecer estar lidando com fraude eleitoral

Uma das incógnitas é que ainda há várias pessoas que precisam ser vacinadas em primeiro lugar. Pacientes crônicos, como aqueles com doença renal ou com doença pulmonar obstrutiva, são tratados no hospital e ainda não está claro onde serão vacinados.

São 40 mil clientes neste ACES sem médico de família, “costumam comparecer em consultas complementares ou mesmo em acompanhamento para tratamentos”, disse o gerente clínico, acrescentando que não é difícil chegar até essas pessoas e vaciná-las se necessário.

Chamado de dor de cabeça com condições de aplicação da vacina, Jono Ramirez mantém a mesma voz serena: “Isso não faz parte das minhas funções. O que posso garantir é que não tenho dúvidas no encanto de que tomarei as vacinas nas condições que administrar.”

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

GIRONATV.COM É PARTICIPANTE DO PROGRAMA AMAZON SERVICES LLC ASSOCIATES, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE AFILIADO PROJETADO PARA FORNECER MEIOS PARA OS SITES GANHAREM TAXAS DE PUBLICIDADE EM E EM CONEXÃO COM AMAZON.COM. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.COM, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZÔNIA, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS PARA COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO, AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DE AMAZON.COM E DE SEUS VENDEDORES.
Giro na TV