Resumo semanal – novela A Que Não Podia Amar de 11/11 a 15/11/2019

0
divulgação

Confira abaixo o resumo da semana da novela “A Que Não Podia Amar”, de 11/11/2019 a 15/11/2019. A novela está sendo exibido no canal “SBT”, a partir das 21h30.

Resumo da novela “A Que Não Podia Amar” (SBT) de segunda-feira, dia 11/11 – Capítulo 156

Cíntia assegura a Gustavo que jamais lhe dará o divórcio, este responde que já é tarde demais e mostra o documento onde consta que os dois já não são marido e mulher. Ele também mostra o documento que comprova que a pequena Maria estará sob os cuidados dele. Mais tarde, Vanessa visita Cíntia, esta diz que nunca deixará que Gustavo e Ana Paula sejam felizes, por isso espera que Rogério nunca lhe dê o divórcio. Por outro lado, muito feliz, Gustavo conta a Ana Paula que tem a guarda da bebê, a moça se alegra muito e o abraça. Dany também diz que se alegra com a novidade. Cíntia diz a Bruno que gosta de ver Ana Paula sofrendo, por isso Miguel deve morrer. Enquanto isso na cadeia, alguns presos aborrecem Miguel e ele se assusta.

Resumo da novela “A Que Não Podia Amar” (SBT) de terça-feira, dia 12/11 – Capítulo 157

Chorando, Cíntia pede a Bruno que a tire da cadeia e não importa quanto dinheiro tenham que usar, mas ele responde que sente muito, pois não tem jeito dela sair livre. Rogério informa a Ana Paula que Miguel precisa de proteção na cadeia e ele já está se encarregando disso. Vanessa diz a Bruno que vai lhe vender bem barato suas propriedades, ele se alegra e diz que dessa maneira nem Ana Paula nem Rosaura ficarão com sua fortuna. Ana Paula confessa à tia que não consegue odiar Rogério, pois quando o vê só quer abraçá-lo e beijá-lo, esta responde que se lembre das palavras de Miguel e procure sua felicidade. Cíntia diz a Rogério que ele tinha razão, pois Bruno roubou todo seu dinheiro.

Resumo da novela “A Que Não Podia Amar” (SBT) de quarta-feira, dia 13/11 – Capítulo 158

Rogério diz a Ana Paula que Marquinho está sofrendo pela situação, lhe pede que tentem salvar seu casamento. Enquanto isso, Vanessa visita Cíntia na cadeia e lhe entrega uma grande quantidade de dinheiro, esta agradece e diz que muito em breve voltará a vê-la. Rogério informa a Bruno que Cíntia vai cancelar o poder que lhe deu e agora ele voltará a controlar seus bens, além disso o denunciarão por abuso de confiança. Mais tarde, Gustavo procura Ana Paula para contar que Bruno confessou que o mandou golpear por ordens de Rogério. Cíntia conversa com um dos guardas e oferece muito dinheiro em troca de deixá-la escapar.

Resumo da novela “A Que Não Podia Amar” (SBT) de quinta-feira, dia 14/11 – Capítulo 159

Rogério recebe os papéis do pedido de divórcio de Ana Paula. Enquanto isso, Miguel descobre que Bruno era quem o queria matar e que por trás de tudo está Rosaura, sua tia. Por outro lado, Cíntia consegue escapar da cadeia com uma arma. Vanessa repreende Bruno por a acusarem de ser cúmplice de Cíntia por ter lhe emprestado o dinheiro que ele negou. Mais tarde, Rogério vai procurar Ana Paula para dizer que teme por sua vida, já que Cíntia disse que quando saísse da cadeia a mataria.

Resumo da novela “A Que Não Podia Amar” (SBT) de sexta-feira, dia 15/11 – Capítulo 160

Cíntia se encontra com Bruno e diz que tem muitas coisas para fazer. Por outro lado, Ana Paula confessa a Rogério que já está cansada de tudo o que aconteceu e a única coisa que quer é começar uma nova vida, ele pergunta se ainda tem lugar para ele. Mais tarde, Gustavo insiste com Ana Paula para que se deem uma nova oportunidade, já que os dois merecem tentar viver esse amor. Ana Paula, desconsolada, se pergunta o que é que deve fazer já que tanto Rogério como Gustavo são bons homens e a amam. Enquanto isso, Miguel enfrenta Bruno na presença de Rosaura e diz que já sabe toda a verdade e que todos vão saber. O advogado responde que ele não vai falar nada e o ameaça com uma arma.

O conteúdo dos resumos da novela “A Que Não Podia Amar” é de responsabilidade da emissora, de modo que o Giro na TV se isenta de qualquer mudança realizada nas edições dos capítulos.

Deixe um comentário