O restaurante de Guimarães continua a colocar Minho no guia Michelin

O restaurante de Guimarães continua a colocar Minho no guia Michelin

Pelo terceiro ano consecutivo, o “A Cozinha” de Guimarães, dirigido pelo chef Antonio Lorero, foi premiado com uma estrela Michelin, foi anunciado segunda-feira.

O chef natural de Guimarães escreveu na sua página do Facebook: “Muito obrigado, a todos nós, continuamos empenhados em fazer cada vez mais e melhor, com paixão pela gastronomia, serviço e respeito pela natureza”.

Porém, em um post na página do restaurante no Facebook, na terça-feira, destaca: “Este ano, voltamos a conquistar nossa estrela como time”.

“Estamos orgulhosos, felizes e gratos pelo que conquistamos; conquistamos com amor, respeito, dedicação, responsabilidade e comprometimento”, completa o restaurante.

“No dia em que pararmos a nossa felicidade fazendo o que gostamos de fazer, no dia em que a cozinha não for mais que paixão, respeito e compromisso naquele dia, independente de qualquer epidemia, não valerá a pena continuar. Somos felizes aqui e aprendemos a ser resilientes.” A postagem termina.

“A Cozinha” fica situada no centro histórico de Guimarães, no Largo do Serralho. Inaugurado em 2016, alia “criatividade e tradição para estimular os sentidos”.

“Inspira-se nos verdadeiros sabores portugueses, mas promete uma cozinha moderna, inovadora e sustentável. Baseada no ritmo das estações e em harmonia com a natureza, o nosso ponto de partida é o nosso livro de receitas e a autenticidade dos produtos locais, combinando a sofisticação de uma cozinha distinta com a simplicidade da cozinha tradicional”, diz a descrição do restaurante.

Natural de Guimarães, Antonio Laurero iniciou a sua carreira em 1994, frequentando vários restaurantes – nacionais e internacionais – com estrelas Michelin e gerindo a gastronomia de alguns dos melhores hotéis de Portugal.

Foto: Dr.

Em 2014, o “Sabor, aroma, criatividade, intensidade e respeito pela essência dos ingredientes” garantiu-lhe o primeiro lugar no concurso de Melhor Chef do Ano.

READ  O Kennedy Space Center, na Flórida, abriu uma nova atração em 1º de janeiro

Desde 2019, o seu restaurante “A Cozinha” figura no Guia Michelin.

Notícias 2020

Este ano, a nível nacional, os restaurantes 100 Maneiras e Eneko Lisboa em Lisboa foram distinguidos com uma estrela Michelin, enquanto o restaurante São Gabriel (Almancil) perdeu a estrela que guardava até ao final de 2019, anunciada hoje.

As novas estrelas destes dois restaurantes de Lisboa são notícias portuguesas do Guia Michelin Espanha e Portugal 2021, anunciadas esta noite numa festa virtual de Madrid.

Consequentemente, Portugal conta agora com um total de sete restaurantes de 2 estrelas (“Cozinha excepcional, vale a pena”) e 21 restaurantes de uma estrela (“Cozinha de primeira classe, paga para parar”), mais um que a edição 2020.

Ainda não existe nenhum restaurante em Portugal com a classificação máxima do Guia Michelin, que este ano também conquistou três estrelas em Espanha – 11.

No total, o guia Espanha e Portugal 2021 inclui 11 restaurantes de 3 estrelas (inalterados desde 2020), 38 restaurantes de 2 estrelas (três novos) e 203 restaurantes de 1 estrela (21 novos).

Noutra categoria de guia Michelin, “Bib Gourmand” (Ótima Relação Qualidade / Preço), há cinco novidades em Portugal: “Avista” (Funchal), “CHECK-In Faro” (Faro), “O Javali” (Bragança), “O Frade” (Lisboa) e “Semea by Euskalduna” (Porto).

A cerimónia de apresentação do Guia Michelin Espanha e Portugal 2021 decorreu esta noite na Real Casa de Correos, em Madrid, numa festa quase deslocada devido à pandemia covid-19.

Lista dos melhores restaurantes portugueses no Guia Michelin em 2021:

Estrela:
100 Maneras (Lisboa, Chef Ljubomir Stanisic) – Novo
A Cozinha (Guimarães, Chef Antonio Lorero)
Antiqvvm (Porto, chef Vitor Matos)
Bon Bon (Carvoeiro, Chef Luis Angus)
Eleven (Lisboa, Chef Joachim Kuiper)
Eneko Lisboa (Lisboa, chefs Eneko Atxa e Lucas Bernardes) – novo
Ebor (Lisboa, chef Vincent Varghese)
Vitória (Lisboa, chef João Rodriguez)
Fifty Seconds de Martín Berasategui (Lisboa, chef Filipe Carvalho)
Fortaleza Gensho (Cascais, Chef Gilles Fernandez)
G Pousada (Bragança, chef scar Gonçalves)
Gusto por Heinz Beck (Almancil, Chef Leporio Bonocour)
Volta de Sergi Arola (Sintra, Chef Sergey Arola e Vladimir Vega)
Largo do Paco (Amarante, chef Thiago Bonito)
Loco (Lisboa, Chef Alexandre Silva)
Mesa Lemus (Viseu, Chef Diogo Rocha)
Midori (Sintra, chef pedro almeida)
Pedro Lemos (Porto, chef Pedro Lemos)
Fiesta (Portimão, chef João Oliveira)
Vistas (Vila Nova de Casela, Chef Roy Silvestre)
William (Funchal, Chefs Luis Pestana e Joachim Kuiper)

READ  Emma finalmente descobre que Joanna é sua filha e ataca Celia até que ela a mutila

Duas estrelas:
Alma (Lisboa, Chef Enrique Sa Pessoa)
Pelcanto (Lisboa, chef José Aviles)
Casa de Chá Boa Nova (Leça da Palmeira, Chef Roy Paula)
Il Gallo Douro (Funchal, maestro da orquestra Benoit Senton)
Oceano (Alborchinhouse, Chef Hans Neunier)
The Yeatman (Vila Nova de Gaia, chef Ricardo Costa)
Villa Joya (Albufeira, Chef Dieter Cucina)

A notícia foi atualizada às 14h53 com comunicado do restaurante.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

GIRONATV.COM É PARTICIPANTE DO PROGRAMA AMAZON SERVICES LLC ASSOCIATES, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE AFILIADO PROJETADO PARA FORNECER MEIOS PARA OS SITES GANHAREM TAXAS DE PUBLICIDADE EM E EM CONEXÃO COM AMAZON.COM. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.COM, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZÔNIA, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS PARA COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO, AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DE AMAZON.COM E DE SEUS VENDEDORES.
Giro na TV