O Gabinete anunciou novas medidas para conter a epidemia

O Gabinete anunciou na quinta-feira novas medidas para conter a epidemia de Kovid-19.

Mais atualizações

18:08 – Governo acredita que novas medidas serão suficientes para controlar a epidemia

Para o primeiro-ministro, as medidas hoje anunciadas são suficientes para controlar a epidemia e evitar futuras sanções, como está a acontecer no resto da Europa.

“Em vez de acreditar nas regras, tenho fé no comportamento pessoal de cada um”, disse Antonio Costa. “Eu acredito que não devemos fazer algo que não deveríamos estar fazendo.”

Se assim for, continuou, essas medidas seriam suficientes para controlar a epidemia “em situação de risco acrescido”.

No entanto, o governo não prevê que os casos diminuam e a curva epidemiológica seja revertida.

18h04 – Creches e berçários também voltam no final de janeiro

Questionado sobre o adiamento das aulas para o 2º período, Antonio Costa confirmou que a norma se estende aos creches e creches e também ao ensino particular. Hoje em dia, de acordo com um funcionário do governo, a compensação é paga para o carnaval e a Páscoa.

De acordo com o primeiro-ministro, o país está de volta ao estado de catástrofe, mas “na esperança de que este conjunto de medidas seja suficiente para conter esta dinâmica da epidemia”.

17:58 – As aulas serão retomadas em 10 de janeiro “Aplicável a todos os níveis de ensino”

Questionado sobre a mudança do calendário escolar, Antônio Costa esclareceu que a retomada das aulas no dia 10 de janeiro se aplica a todos os níveis de ensino, “além do AtL e demais atividades afins”.

No caso das universidades, Costa explica que elas têm um calendário próprio que “não cobre a atividade acadêmica durante esta semana de retenção de contatos”.

O Primeiro-Ministro esclareceu que as medidas relativas à obrigatoriedade de exames e certificados entrarão em vigor a partir de 1 de dezembro.

17:42 – O governo anuncia a “Semana da disputa de contato” de 2 a 9 de janeiro

“Se há algo que podemos evitar é janeiro de 2022, não está se aproximando do trágico janeiro de 2021, então a semana seguinte ao réveillon, entre 2 e 9 de janeiro, é a semana dos contatos para nós”, explicou Antonio Costa.

READ  30 urso mais qualificados

Naquela semana, Costa pediu “limitar os contatos fora do universo” porque o telemarketing seria obrigatório e os bares e discotecas voltariam a ser fechados (com remuneração adequada para esses setores).

Haverá também uma mudança no calendário escolar, com o retorno das aulas no dia 10 de janeiro. Esses dias são substituídos por dois feriados mais curtos no Carnaval e dois dias mais curtos na Páscoa.

“Esta semana tem como objetivo garantir que após um período de conflito haja um período de intenso contato e interação familiar para que possamos evitar o cruzamento de pessoas de diferentes famílias”, explicou o Primeiro-Ministro.

17 h 37Quais são as novas medidas?

– Recomendação de teletrabalho

– Máscaras são obrigatórias em todos os espaços fechados

– Certificado digital exigido para restaurantes, empresas de turismo e hotelaria, eventos com locais identificados e frequência de academia

– Exame obrigatório para visitas domiciliares; Visitas a pacientes internados em unidades de saúde; Acesso a todos os principais eventos ou instalações aprimoradas e instalações esportivas e bares e clubes sem assentos marcados.

Os exames também são obrigatórios para entrada em território nacional, independentemente da origem e nacionalidade do passageiro. “Durante o check-in, é da responsabilidade de todas as companhias aéreas permitir o embarque nos voos para Portugal apenas a pessoas que comprovem que foram devidamente testadas”, afirmou Costa.

17h32Portugal volta ao desastre em 1 de dezembro

17h30 – As dosagens para as crianças a serem vacinadas começam em dezembro

O primeiro-ministro garantiu a Portugal que existem “condições necessárias” para a vacinação das crianças, ainda que seja por decisão dos agentes de saúde.

639.000 crianças em Portugal são elegíveis para vacinação. Costa anunciou que o primeiro lote de vacinas da Pfizer chegará no dia 20 de dezembro com doses superiores a 300 mil. Em janeiro, o segundo lote chegará com 462 mil vacinas.

READ  Jorge Jesus: o atual campeão ″ Gonzalo Ramos e uma nota sobre Chinio
17:27 – Primeira medição: Fortalecer os esforços de vacinação

O primeiro passo para fortalecer o esforço da vacina, anunciou Costa, é fornecer uma dose de reforço para aqueles que já são elegíveis, ou seja, aqueles com mais de 65 anos e aqueles que receberam a segunda dose há cinco meses. , Prescrição – Pessoas que se recuperaram da doença por mais de 150 dias e pessoas com mais de 50 anos que foram vacinadas por mais de cinco meses com uma única dose de Jansen.

“Todos eles serão vacinados até o próximo dia 19 de dezembro”, assegurou Costa.

17:25 – “Estamos claramente melhores do que há um ano”

No início da sua intervenção no Palácio da Azuda, António Costa destacou que Portugal tem a maior taxa de vacinação da Europa, o que significa que tem um número de casos e hospitalizações inferior ao de qualquer outro país da Europa. , E o menor número de mortes de todos.

Isso significa que “a vacinação ajudou a salvar vidas, reduziu o número de pessoas infectadas e garantiu que todas as pessoas infectadas tivessem uma doença menos grave como regra”, disse Costa.

O primeiro-ministro também destacou que “estamos claramente melhor do que há um ano”, pois os novos casos, as hospitalizações e as mortes diminuíram. Costa afirma que isso é reflexo da vacina e declara: “A vacinação vale a pena”.

Quais são as dimensões da tabela?

Depois de ouvir especialistas no Informed, na sexta-feira, em São Bento, o Primeiro-Ministro adoptou na terça e quarta-feira partidos com cadeiras parlamentares, com algumas pistas do que poderá finalmente ser anunciado esta quinta-feira. De um modo geral, todas as partes expressaram a opinião de que não existem “limitações significativas”.

O governo está se preparando para retomar algumas medidas anti-Kovid até segunda-feira, como devolução de máscaras a áreas fechadas, exibição de certificados de vacinação e testes negativos.

READ  Locke & Key renovados para a 3ª temporada pela Netflix

Chega disse que o governo deveria impor uma exibição de certificado e um teste negativo para entrar em bares, clubes e grandes eventos. Segundo André Ventura, a renovação deve ficar isenta dessa medida e, nesses casos, apenas a certidão “independente de hora e dia” é exigida.

Em relação ao uso de máscaras, o porta-voz do PAN expressou “preocupação” do governo com o uso de máscaras em locais como “estádios de futebol, shows e discotecas”, acrescentando que o executivo estava “inclinado” a tornar a máscara obrigatória. Recomenda-se “nos espaços” e seu uso ao ar livre.

O fortalecimento do controle de fronteiras para reduzir o progresso da pandemia também estará na mesa. O PS apresentou ontem um projeto de lei para adiar a extinção do SEF por seis meses, argumentando que mais controles de fronteira seriam necessários nesta fase.

O jornal Público disse ainda que, até segunda-feira, quem se deslocar a Portugal de avião terá de preencher um cartão de identificação de passageiro por via electrónica. A inscrição é feita antes do embarque.

O governo ainda precisa recomendar o teletrabalho novamente.

Governo pretende adiar o início da segunda fase

A RTP afirmou ainda que o governo está a ponderar o adiamento do início do segundo período por uma semana, alargando assim as férias de Natal aos mais novos. A ideia é tentar barrar possíveis infecções em crianças após o período de Natal, pois nessa época a maior incidência de infecções é em crianças de até 9 anos.

Segundo a RTP, esse adiamento será substituído durante as festas de carnaval.

Os diretores das escolas elogiaram a iniciativa, mas instaram o governo a dar prioridade aos professores na hora da terceira dose.

A associação de pais afirma que o executivo deve encontrar soluções para que os filhos não fiquem sozinhos em casa. Pais e responsáveis ​​são considerados divididos.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

GIRONATV.COM É PARTICIPANTE DO PROGRAMA AMAZON SERVICES LLC ASSOCIATES, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE AFILIADO PROJETADO PARA FORNECER MEIOS PARA OS SITES GANHAREM TAXAS DE PUBLICIDADE EM E EM CONEXÃO COM AMAZON.COM. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.COM, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZÔNIA, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS PARA COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO, AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DE AMAZON.COM E DE SEUS VENDEDORES.
Giro na TV