O foguete do Sistema de Lançamento Espacial recebe propelente e passa em outro teste da NASA

O foguete do Sistema de Lançamento Espacial recebe propelente e passa em outro teste da NASA
Tudo sobre

NASA

Saiba tudo sobre a NASA

Mostre mais

A NASA planeja levar a primeira mulher e o próximo homem à lua em 2024, por meio do programa Artemis. Para tanto, será utilizado o poderoso míssil Space Launch System (SLS), que ainda está em fase de testes até poder entrar em ação. Assim, a agência espacial ativou com sucesso o estágio SLS central e, ali, começou o penúltimo teste “verde” do veículo.

Para este procedimento, os engenheiros do Stennis Space Center carregaram o propelente no estágio central SLS pela primeira vez. O processo teve início na segunda-feira (7), com duração estimada de 48 horas. Essa etapa faz parte de uma série de testes em oito partes e, desta vez, os engenheiros carregaram cerca de 2,6 milhões de litros de propelente altamente resfriado, feito com hidrogênio e oxigênio líquido.

O teste realizado foi o sétimo da série, composto por oito procedimentos (Imagem: Clonagem / NASA)

Como esta foi a primeira vez que o estágio central do SLS foi completamente preenchido com propelentes, os engenheiros o monitoraram de perto em busca de quaisquer sinais de vazamento ou outros problemas que possam surgir nos tanques. De acordo com a NASA, os engenheiros primeiro introduziram uma pequena quantidade de hidrogênio líquido no estágio central para testar o fornecimento; Em seguida, o processo foi interrompido para análise dos dados e possíveis modificações, para retomada.

Ainda de acordo com informações de funcionários da agência, o treinamento central teve um bom desempenho e não foram detectados problemas nas instalações de teste. Então, conforme indica o protocolo, os propelentes serão descarregados dos tanques e as operações continuarão. Seis outros procedimentos semelhantes já foram realizados com o componente da NASA para verificar se ele está pronto para levar tripulações ao espaço com segurança com este novo míssil. Além disso, para preparar tudo para futuros lançamentos, o estágio central fará uma pausa na contagem antes do lançamento para verificar a resposta nessas situações.

READ  Journal de Leeria - Kovid-19: Casos ativos aumentam pelo terceiro dia consecutivo no distrito de Lyre

Apesar dos vários atrasos ao longo do caminho e das críticas ao alto custo, a NASA conseguiu finalizar o desenvolvimento do SLS no ano passado. A ideia é que a agência espacial realmente o use para lançar a missão Artemis 1, que será o primeiro vôo de teste do programa Artemis, previsto para o final de 2021 e sem tripulação a bordo – nesta fase inicial, a cápsula Orion não tripulada será lançada em órbita lunar.

Fonte: Space.com, NASA

Gostou deste artigo?

Assine o seu e-mail no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas novidades do mundo da tecnologia.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

GIRONATV.COM É PARTICIPANTE DO PROGRAMA AMAZON SERVICES LLC ASSOCIATES, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE AFILIADO PROJETADO PARA FORNECER MEIOS PARA OS SITES GANHAREM TAXAS DE PUBLICIDADE EM E EM CONEXÃO COM AMAZON.COM. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.COM, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZÔNIA, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS PARA COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO, AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DE AMAZON.COM E DE SEUS VENDEDORES.
Giro na TV