Jovens de Blumenau integram equipe qualificada para Competição Global da NASA | Pedro Machado

Jovens de Blumenau integram equipe qualificada para Competição Global da NASA |  Pedro Machado

E se algumas das mentes mais inteligentes que já passaram por este mundo voltassem à vida com a missão de compartilhar suas próprias descobertas no campo da ciência? Um projeto final para a competição da NASA, a Agência Espacial dos EUA, propõe a criação de uma plataforma educacional que “transforme” professores como Isaac Newton, Marie Curie, Galileo Galilei, Stephen Hawking e Albert Einstein em professores – afinal, ninguém é melhor do que um físico alemão para falar sobre a teoria da relatividade. A ferramenta foi desenhada por um grupo de cinco pessoas, entre elas um jovem de Blumenau.

> Quer receber novidades de Blumenau e Vale via WhatsApp? Clique aqui e junte-se ao grupo do Papai Noel

Jonathan Feller, 24, é membro da AI ltruistics, uma equipe formada para competir no International Space Applications Challenge. Trata-se de um hackaton global, nome dado a uma maratona tecnológica que reúne programadores e designers que foram provocados a encontrar respostas para problemas específicos em muito pouco tempo – no caso, em apenas 48 horas. A NASA disponibilizou dados abertos da agência para que os concorrentes possam “construir soluções inovadoras para os desafios que enfrentamos na Terra e no espaço”, conforme descrito no site oficial da iniciativa.

O Desafio de Aplicações Espaciais deste ano teve a participação de 26.000 pessoas de 150 países. Cerca de 2.300 projetos foram inscritos e apenas 40 se classificaram para a final. entre isso Campeões de Inteligência ArtificialFoi criado pela equipe de Jonathan. Ao lado dele, três outros jovens peruanos – Andrea Yebanez Eskiri, Raquel Sanchez Mejia e Marco Carrasco – e uma pessoa da Índia – Yash Gadadi formaram a equipe.

Jonathan nunca os viu pessoalmente. Blumenauense, que programa desde os 12 anos e já fez o treinamento do Entra21, conheceu seus colegas em uma conversa promovida pela própria NASA para conectar pessoas de todo o mundo interessadas em participar do desafio. A solução da agência foi promover a pirataria à distância em meio à pandemia do coronavírus.

Os vencedores em seis categorias serão anunciados em janeiro. Como prêmio, eles receberão convites para apresentar seus projetos detalhadamente na NASA. Se o vôo for considerado seguro, eles podem até monitorar de perto o lançamento do míssil.

Uma plataforma que simula a interação de alunos com mascotes de cientistas famosos

(Foto: )

Como funciona

AI Heroes usa inteligência artificial em uma plataforma móvel ou acessada por computador que simula a interação de um aluno com seu “herói da ciência”. Informações sobre o mundo, como o país de origem e suas contribuições para os mais diversos campos da ciência, da matemática à física, podem ser referenciadas por meio da engenharia e da astronomia. Outra possibilidade é comparar os recursos que essas pessoas possuíam na época em que fizeram suas descobertas com os que estão disponíveis hoje.

– A ideia é criar um mantra que ajude, de alguma forma, a engajar crianças e jovens no amor pela ciência – resume Jonathan, que acredita que o tema muitas vezes é abordado de forma entediante, fazendo com que os alunos percam o interesse pelas escolas.

Campeões de Inteligência Artificial
Uma plataforma interativa destacando os “heróis científicos” e suas contribuições em vários campos do conhecimento

(Foto: )

Além de tornar essas áreas do conhecimento mais atraentes para crianças e adolescentes, o projeto também teve como foco a representação de gênero e localização geográfica, especificamente para inspirar jovens de todo o planeta.

Além dos nomes mencionados no início deste texto, a lista de heróis da primeira edição inclui o astronauta indiano Kalpana Chawla, a matemática Dorothy Vaughan, a primeira mulher negra a ser promovida a chefe de uma divisão da NASA, o matemático indiano Srinivasa Ramanujan, o astronauta. Neil Armstrong e Hebatia de Alexandria foram documentados como a primeira atleta feminina na Grécia antiga.

Gostaria de receber no seu celular notícias e análises da economia, dos negócios e do dia a dia de Blumenau e região? Acesse o canal do blog no Telegram pelo link https://t.me/BlogPedroMachado Ou pesquise “Pedro Machado | NSC” na app.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

GIRONATV.COM É PARTICIPANTE DO PROGRAMA AMAZON SERVICES LLC ASSOCIATES, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE AFILIADO PROJETADO PARA FORNECER MEIOS PARA OS SITES GANHAREM TAXAS DE PUBLICIDADE EM E EM CONEXÃO COM AMAZON.COM. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.COM, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZÔNIA, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS PARA COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO, AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DE AMAZON.COM E DE SEUS VENDEDORES.
Giro na TV