HIV / AIDS é uma prioridade porque a doença ainda está lá

HIV / AIDS é uma prioridade porque a doença ainda está lá

“Prioridade de HIV / AIDS – a doença ainda está lá. O que fazer?” Primeira plataforma de conteúdo em Transmissão 28 de novembro, aniversário do Dia Mundial da AIDS, é oficialmente dedicado ao HIV.

Ao longo do dia, vários tópicos serão iniciados com entrevistas, discussão, compartilhamento de conhecimento e informações em tempo real das experiências de pacientes e profissionais de saúde. Também mede a participação das associações de pacientes, por meio de seus depoimentos, deixando de fora relatos que identificam as principais questões enfrentadas pelos pacientes e compartilhando o trabalho que estão desenvolvendo.

Para Ricardo Fernandez, que “abriu” este projeto como presidente do European AIDS Treatment Group (EATG), “apesar do impacto dos tratamentos atuais, já permite o controle do ponto de vista clínico, ainda existem questões a serem abordadas e soluções foram encontradas para que possamos apertar o controle epidemiológico da doença nos pacientes.” Precisamos fazer isso em um exercício conjunto entre profissionais de saúde, tomadores de decisão e a comunidade, sabendo que a doença não pode ser esquecida ou deixada de lado ”.

O principal objetivo desse esforço é voltar a enfocar o HIV / AIDS. Com a criação de uma base de dados em tempo real, pretende-se compreender a situação dos doentes, como promover o nível de vida das pessoas que vivem com o VIH e, sobretudo, como Portugal pode cumprir os objectivos fixados pela Organização das Nações. Países (ONU).

A ONU estabeleceu uma meta de 90-90-90 pilares até 2020 como seu primeiro passo para acabar com o sintoma epidêmico da infecção pelo HIV por meio de seu programa de UNAIDS. Portugal atingiu valores acima de 90 em cada 3 pilares, O que se traduz em benefícios na eficácia do sistema, sendo o resultado final o impacto econômico e a viabilidade dos recursos. O segundo passo, estabelecido pelo UNAIDS, foi elevar os pilares para 95-95-95. Porém, especialistas argumentam que esse patamar só pode ser alcançado com o aumento da “viga estrutural” acima dos anos 90 nos pilares: a qualidade de vida de uma pessoa que vive com HIV, que é considerada a 4ª 90.

READ  A sonda da NASA descobriu a sonda Chang'e 5 na superfície da lua

Como explica Ricardo Fernandez, “para apoiar a qualidade de vida, é preciso investir na alfabetização, no estigma social e no autoestigma, na coesão social, no acesso a medicamentos e em melhores cuidados, bem como nas condições socioeconômicas do paciente”. Nesta fase, defendeu ainda que faltava comunicação para unir todas estas pontes e que “este espaço virtual, PriorityVihsida.newsforma.pt, é um importante contributo na formação de estratégias que ajudem a atingir os objectivos recentemente estabelecidos”. .

Projeto “Prioridade HIV / AIDS – a doença continua. O que fazer? ”A iniciativa foi tomada pela Newsforma em colaboração com a ViiV Healthcare e pode ser acessada aqui:

preidadevihsida.newsfarma.pt

Agenda de conteúdo | 28 de novembro de 2020:

  • 10:00: Lançado com Ricardo Fernandez, Presidente e Diretor do GAT, European AIDS Treatment Group (EATG);
  • 11h00: Entrevista com Isabel Aldir, Diretora, Programa Nacional de Infecção pelo HIV / SIDA da DGS;
  • 12 horas: Conversa rápida Com Sir Andrea Pinto Ferreira, Coordenador Geral da Sir + e Caterina Estevez, enfermeira do Coscois Hospital;
  • 15h00 – 17h00: Testemunho de pacientes e associações médicas globais;
  • Recuo do espaço de relatório.

* Em 2020, 90% Todas as pessoas que vivem com HIV sabem seu status sorológico. 90% A terapia antirretroviral contínua está disponível para todas as pessoas com diagnóstico de infecção pelo HIV; 90% Todas as pessoas que recebem terapia anti-retroviral terão supressão viral.

LPMPreferência por HIV


Comentários de blog desenvolvidos por Discus

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

GIRONATV.COM É PARTICIPANTE DO PROGRAMA AMAZON SERVICES LLC ASSOCIATES, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE AFILIADO PROJETADO PARA FORNECER MEIOS PARA OS SITES GANHAREM TAXAS DE PUBLICIDADE EM E EM CONEXÃO COM AMAZON.COM. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.COM, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZÔNIA, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS PARA COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO, AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DE AMAZON.COM E DE SEUS VENDEDORES.
Giro na TV