“ES é a maior área em termos de oportunidade por metro quadrado”, diz um empresário de óleo e gás.

“ES é a maior área em termos de oportunidade por metro quadrado”, diz um empresário de óleo e gás.
Foto: Vitor Machado

Escrito por Luan Sperandio

Em evento realizado pela Folha Vitória em parceria com a Apex Partners nesta segunda-feira (14), o presidente da EnP Energia, Marcio Felix, mostrou otimismo com o setor de óleo e gás no Brasil – e não se esquivou de elogiar o Espírito Santo.

“Durante o planejamento do nosso negócio, meus sócios, eu e meus sócios analisamos muito e concluímos que a área com mais oportunidades por metro quadrado no Brasil é o Espírito Santo.”

A empresa tem sede no Rio de Janeiro e analisa projetos em estados como Sergipe e Maranhão, mas Felix disse que vê o ES como um “ímã natural de projetos” em sua categoria. A EnP Energia possui atualmente 12 blocos exploratórios no estado. Ele disse: “O fato de focalizarmos os negócios aqui nos levou a custos operacionais mais baixos, mesmo em uma área geográfica muito pequena.”

Segundo Félix, há uma série de fatores que beneficiam o Espírito Santo em seu setor, como “localização geográfica, densidade populacional e um setor privado próspero”.

Apesar disso, o ES apresenta muitas vagas, como a disponibilidade de terrenos e espaços para produção e exploração de óleo e gás a um custo relativamente baixo. Por fim, existe muito capital humano qualificado no país. Isso significa que o ES hoje representa um conjunto de oportunidades ”, explica.

O básico mostra que o Espírito Santo é uma terra de oportunidades

Para colaborar com os determinantes do setor de óleo e gás, há outros fatores levados em consideração que também se aplicam a todos os empresários capixabas. Afinal, entre as dezenas de unidades federativas atormentadas pelo caos financeiro, infraestrutura precária e outros fatores que dificultam as oportunidades de emprego, o Espírito Santo se destaca como “Ilha da Liberdade” entre os demais estados brasileiros.

READ  Pesquisas mostram o impacto da Netflix no interesse público em 2020

Uma década de políticas de austeridade do governo foram fundamentais para que o estado conseguisse o emprego. É importante destacar que existe uma forte relação entre responsabilidade fiscal nas contas públicas e prosperidade no ambiente de negócios.

Por vários anos, o “Estado de Mukika” também foi conhecido como o único país de Classe A no tesouro nacional. Isso levou a um melhor desenvolvimento do setor empresarial capixaba, impulsionado cada vez mais pelo destaque do mercado de capitais no estado.

O Espírito Santo tem surgido nos rankings nacionais que medem o ambiente de negócios. Entre eles, podemos citar o Índice McKinsey de Liberdade Econômica do Estado, que avalia o tamanho do governo, os impostos e o mercado de trabalho, e no qual o ES ocupa o terceiro lugar. No ranking de competitividade interestadual, o Espírito Santo ficou em quinto lugar, com destaque para a eficiência do setor público e sustentabilidade financeira. Além disso, há também a disparidade do país em termos de infraestrutura, educação, sustentabilidade ambiental, sustentabilidade social e segurança pública: sempre entre os dez primeiros do país nesses indicadores.

Gás ES e PL
O PL do Gás foi aprovado no início de dezembro pelo Senado Federal, seguindo para a Câmara dos Deputados. O novo marco legal trata da regulamentação da indústria do gás no transporte, escoamento, processamento e processamento, entre outros. A proposta também substitui o regime de concessão pelo regime de licenciamento nos setores de transporte e armazenamento de gás natural.

Apesar da expectativa do mercado em relação ao projeto como uma reforma que melhora o ambiente de negócios no setor de petróleo e gás, Felix acredita que o impacto será mínimo no ES.

“O estado não depende muito da nova lei do gás por parte da ESGás. Antes disso, havia um contrato de concessão do início dos anos 1990 que estava completamente desatualizado. Com a criação da empresa, o mais recente contrato de concessão foi concluído no país, que cobre muitas das questões existentes.” Na construção da nova lei do gás no Congresso, como a questão dos consumidores livres, autoprodutores e importadores de automóveis.

READ  MediaTek bate a Qualcomm e é o maior fabricante de smartphones da SoC

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

GIRONATV.COM É PARTICIPANTE DO PROGRAMA AMAZON SERVICES LLC ASSOCIATES, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE AFILIADO PROJETADO PARA FORNECER MEIOS PARA OS SITES GANHAREM TAXAS DE PUBLICIDADE EM E EM CONEXÃO COM AMAZON.COM. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.COM, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZÔNIA, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS PARA COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO, AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DE AMAZON.COM E DE SEUS VENDEDORES.
Giro na TV