Em Portugal, foram notificados 1.408 casos de Kovid-19 e 10 mortes – coronavírus

De acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado esta quinta-feira, 9 de setembro, pela Direcção-Geral da Saúde (DGS), Portugal registou 1.408 novos casos de Kovid-19 e mais 10 óbitos nas últimas 24 horas.



Rui Minderico

O negócio
9 de setembro de 2021 às 14h47

De acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado esta quinta-feira, 9 de setembro, pela Direcção-Geral da Saúde (DGS), Portugal registou 1.408 novos casos de Kovid-19 e mais 10 óbitos nas últimas 24 horas.

O maior número de casos novos (500) concentrou-se em Lisboa e Baleia do Tejo, seguindo-se Norte (442), Centro (214), Algarve (133), Allentejo (83), Madeira (23) e Açores (13).


Em termos de número de óbitos, foram registados mais quatro óbitos na zona Centro, três em Lisboa e Baleia do Tejo, dois no Algarve e um no Norte. Nas ilhas, não houve mortes nas últimas 24 horas.

O boletim da DGS informava ainda que a partir das 00h00 desta quinta-feira, foram subestimados 425 casos ativos de Kovid-19 no país. Outras 1.823 pessoas se recuperaram do Kovid-19 e o número de contatos de vigilância caiu, pois 350 estão sob observação. 597 ainda estão internados, 24 a menos que na quinta-feira. O número de pacientes internados em terapia intensiva também caiu para 127, com a saída de oito pessoas das unidades.

Ver comentários

READ  Termômetro de futebol imaginário na décima semana

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

GIRONATV.COM É PARTICIPANTE DO PROGRAMA AMAZON SERVICES LLC ASSOCIATES, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE AFILIADO PROJETADO PARA FORNECER MEIOS PARA OS SITES GANHAREM TAXAS DE PUBLICIDADE EM E EM CONEXÃO COM AMAZON.COM. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.COM, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZÔNIA, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS PARA COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO, AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DE AMAZON.COM E DE SEUS VENDEDORES.
Giro na TV