COVID-19: Coimbra School of Business está substituindo salas de aula com ensino em plataformas digitais

Foi hoje anunciada a Coimbra Business School / Instituto Superior de Contabilidade e Administração, que substitui as aulas presenciais por modalidades alternativas ou subsidiárias de apoio remoto, em plataformas digitais, face à pandemia Covid-19.

A fundação aconselha os alunos a “permanecerem em estado de lembrança preventiva em locais protegidos, reduzir ou eliminar os contatos presenciais e adotar meios remotos de comunicação e socialização, pois o leque de medidas, senão, diz Pedro Costa, diretor daquela escola”, estará perdido.

“As aulas vão continuar, mas num sistema diferente, de forma a garantir que os nossos alunos estão protegidos e que os conteúdos dos módulos curriculares que frequentam continuam a ser acedidos”, acrescenta um comunicado enviado à Lusa.

A Coimbra Business School afirma que irá utilizar os mais recentes modelos de colaboração web para emissões de vídeo ao vivo, permitindo “a gravação, edição e publicação em sala de aula com sistemas de acesso a cursos online MOOCS (cursos online intensivos) e grandes plataformas seguras de partilha de ficheiros”.

Para além do sistema b-Learning (que está a funcionar naquela escola há mais de 13 anos), haverá a possibilidade de consultar os materiais pedagógicos das unidades curriculares e interagir com alunos e outros professores.

“O acesso a bibliotecas de conhecimento online para toda a comunidade do Coimbra College of Business, que já existe há muitos anos, será de grande valia neste delicado momento devido ao Coronavírus”, afirma Pedro Costa.

De acordo com o responsável pela instituição, “Os modelos específicos em que cada unidade curricular será leccionada – recorrendo a todos os meios disponíveis, incluindo as plataformas informáticas disponibilizadas pela escola – são elaborados sob a orientação dos órgãos legais da escola, e serão comunicados em tempo oportuno por cada professor aos seus alunos”.

READ  Revista DoPAPEL | OKI lançou uma campanha com a oferta Business Agility Pack

Na carta aos alunos e professores, a Coimbra Business School afirma que ainda não encerrou, mas está a funcionar, “mesmo com as restrições mencionadas, na medida em que é absolutamente necessário manter valores saudáveis”.

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi descoberto em dezembro de 2019 na China e já causou mais de 4.600 mortes em todo o mundo, levando a Organização Mundial da Saúde a declarar a doença uma pandemia.

Em Portugal, a Direcção-Geral da Saúde actualizou hoje o número de pessoas infectadas, que registou o maior aumento num dia (19), de 59 para 78, das quais 69 estiveram em hospitais.

No total, desde o início da epidemia, a Direção-Geral de Cirurgia registrou 637 casos suspeitos.

As medidas já adoptadas em Portugal para conter a epidemia incluem, entre outras coisas, a suspensão das ligações aéreas com a Itália e a suspensão ou adaptação das visitas a hospitais, lares e prisões.

Carregando…

Written By
More from Vera Neves

NASA descobre 150 objetos voadores não identificados orbitando a Terra

Além de qualquer especulação vaga ou teoria da conspiração, os famosos OVNIs...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *