A publicação de Santa Catarina na revista Science alerta para os perigos do retrocesso ambiental na costa brasileira Degmara Spotz

A publicação de Santa Catarina na revista Science alerta para os perigos do retrocesso ambiental na costa brasileira  Degmara Spotz

A famosa revista científica Science publicou carta – opinião – de pesquisadores e técnicos dos órgãos ambientais de Santa Catarina sobre a revogação da Resolução 303/2002 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Konama) que trata da conservação de dunas e restinga. O documento foi assinado por Milton De Andrade Jr., Ph.D. em Ciências Ambientais e Engenheiro da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico Sustentável, e Wagner Clayton Fonseca, Engenheiro Ambiental do IMA e professor de Direito Ambiental da Univali.

Como a “ultrapassagem” de Ricardo Salles afeta Santa Catarina

A tentativa de cancelamento ocorreu em outubro, e o Ministério do Meio Ambiente assumiu. As regras foram preservadas por meio de decisão judicial da secretária Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF) – mas o processo ainda não foi apreciado quanto ao mérito, em decisão final.

Enfrentar o debate ambiental sobre a “histeria em massa” é um viés ideológico

Wagner Clayton Fonseca, um dos autores da carta publicada na Science

(Foto: )

No texto, especialistas alertam para o risco de um retrocesso ambiental no Brasil e para o potencial avanço do setor imobiliário nas dunas ondulantes e grandes áreas de areia, que estão protegidas pela decisão. Ambos chamam a atenção para o perigo de que as infestações de dunas de areia possam levar a processos de erosão nas cidades costeiras e enfatizam a importância desses ambientes como refúgio e criadouro de aves migratórias.

Milton De Andrade Jr., um dos autores da carta publicada na Science
Milton De Andrade Jr., um dos autores da carta publicada na Science

(Foto: )

As dunas de areia, em particular, são habitats comuns no litoral catarinense – em Florianópolis, por exemplo.

– Dunas móveis recebem e fornecem areia. É uma dinâmica que passa despercebida, mas fundamental para a estabilização do litoral – explica Milton De Andrade Jr..

Especialistas decidiram divulgar o documento ao perceberem que havia desinformação sobre os verdadeiros efeitos da abolição sobre a regulamentação ambiental do país. Com o texto, definir os aspectos contidos nas decisões que permanecem cobertos pela legislação florestal e que não são contemplados.

Quais são as mudanças
Quais são as mudanças

(Foto: )

Wagner Fonseca afirma que os principais impactos estão relacionados à segurança jurídica da atuação dos órgãos ambientais.

– Sem solução, não há base legal – avisa.

A publicação Science leva o assunto à comunidade científica internacional, alerta para os perigos da regressão e apóia o trabalho dos pesquisadores catarinenses. O mesmo documento será enviado a todos os ministros do STF, que analisarão o assunto.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo que sai aqui no blog. Basta pesquisar por Dagmara Spautz – NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

GIRONATV.COM É PARTICIPANTE DO PROGRAMA AMAZON SERVICES LLC ASSOCIATES, UM PROGRAMA DE PUBLICIDADE AFILIADO PROJETADO PARA FORNECER MEIOS PARA OS SITES GANHAREM TAXAS DE PUBLICIDADE EM E EM CONEXÃO COM AMAZON.COM. AMAZON, O LOGOTIPO AMAZON, AMAZONSUPPLY E O LOGOTIPO AMAZONSUPPLY SÃO MARCAS REGISTRADAS DA AMAZON.COM, INC. OU SUAS AFILIADAS. COMO ASSOCIADO DA AMAZÔNIA, GANHAMOS COMISSÕES DE AFILIADOS PARA COMPRAS ELEGÍVEIS. OBRIGADO, AMAZON POR NOS AJUDAR A PAGAR AS TAXAS DO SITE! TODAS AS IMAGENS DE PRODUTOS SÃO DE PROPRIEDADE DE AMAZON.COM E DE SEUS VENDEDORES.
Giro na TV