″ Acho estranho que o Ministro dos Negócios Estrangeiros receba advogado de Benfica

artigo

Tópicos

Augusto Paganha, o ex-chefe do instituto, voltou a falar do alegado favoritismo do governo ao Benfica.

Augusto Paganha, ex-presidente do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ), voltou a falar segunda-feira sobre o alegado caso de favoritismo governamental ao Benfica, recordando um alegado encontro entre João Paulo Rebelo, Ministro de Estado do Desporto da Juventud e um advogado do Benfica após o processo contra os adeptos do Clube da Luz .

“Acho estranho que o chanceler receba o advogado do Benfica. Tem de receber o presidente do Benfica a esse respeito. Se quiser que o advogado te acompanhe mais tarde, tudo bem. O assunto não está a correr bem. Pelo que me disseram, será também o advogado do Benfica. Membro do Partido Socialista, o chanceler deve ter uma conversa institucional com o presidente do Benfica ”, sublinhou Paganha, em entrevista ao Porto.

O ex-Presidente do IPDJ recordou ainda a mensagem que João Paulo Rebelo enviou ao membro do IPDJ:

“Estas medidas não vão ao encontro do que um governante deve tomar. Mas é claro que o povo queria seguir estes caminhos. E penso que esta é uma forma de dar tudo errado. Estamos à frente das instituições e, portanto, tudo deve ser tratado como tal. O Benfica poderia ter feito. Ele próprio pediu ao IPDJ para fazer uma auditoria, mas ele não quis. Queria fazer as coisas de formas alternativas. Aí o SMS chegou ao meu colega e as coisas foram tratadas de uma forma e o Paganha concluiu que não era o mais correcto. Não sei se foi pressão ou não.

READ  Ele trabalhou com Ronaldo e atirou: ″ Ele é um geek, ele quer passar Joseph Pecan

Written By
More from Mara Martins

Os Patriots surpreendem e derrotam os Crows no Sunday Night Football

O New England Patriots e o Baltimore Ravens tiveram um futebol mais...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *