Resumo semanal – novela Os Dez Mandamentos de 25/12 a 29/12

0
(Foto: Reprodução/Record)

Confira abaixo o resumo da semana da novela “Os Dez Mandamentos”, de 25/12/2017 a 29/12/2017. A novela está sendo exibido no canal “Record”, a partir das 19h45.

Resumo da novela “Os Dez Mandamentos” (Record) de segunda-feira, dia 25/12 – Capítulo 110

enquanto conversa com Moisés, Arão fala maravilhado sobre estar nesta missão junto com o irmão e confidencia a Moisés que antes dele ir morar no palácio eles eram muito unidos e relembra alguns momentos de quando eram crianças. Abigail fica surpresa com a visita de Leila. Elas se abraçam emocionadas e Leila pede perdão pelo afastamento. Joquebede e Anrão conversam esperançosos. Emocionado, ele conta que teve um sonho em que os hebreus estão felizes e livres. Oseias e Calebe se mostram apreensivos com a possibilidade de uma batalha entre hebreus e egípcios. Em sua sabedoria, Miriã os convence de que Deus não libertará o povo hebreu através de uma guerra e pede para que eles confiem no poder da fé. Ikeni se desculpa com Karoma e Pepy pelas falhas que vinha cometendo. Mesmo na defensiva, ela cede às palavras sinceras do marido. Corá aproveita que a casa está vazia e agarra Safira. A jovem tenta se desvencilhar, mas não consegue. Bina chega a tempo de flagrar a cena. Sem motivos, Nefertari implica com a roupa que Ana lhe entregou. Ela não vê a sujeira indicada pela rainha, mesmo assim se desculpa. Karoma chega e percebe que é apenas implicância de Nefertari, mas pede para Ana entregar a roupa às servas. Nefertari explica para Karoma o motivo de tanta raiva e a dama tenta amenizar a situação. Corá tenta se explicar, mas é interrompido por Bina. Datã chega e tenta entender o que está acontecendo. Safira conta que foi agarrada por Corá, mas Bina surpreende e desmente a irmã. Uri briga com Leila por causa da ida dela à vila. Ela tenta explicar os motivos que a fizeram ir até a casa da irmã, mas Uri não aceita. Datã acredita nas palavras de Bina e expulsa Safira de casa. Irritado, Uri desconta sua raiva em Bezalel. Ele culpa o filho pela atitude de Leila de em ir até a vila. Ramsés conversa sobre negócios com Meketre. Nefertari chega para fazer um convite a Ramsés e o comerciante pergunta à rainha se ela está gostando de Ana. Ramsés se antecipa e enche a jovem dama de elogios. Nefertari sorri tentando disfarçar a raiva. Jairo se diverte ao sentir o pequeno poder que tem sobre os escravos. Abiú, Calebe, Nadabe e Oseias conversam sob os olhares de Jairo. O feitor se aproxima e pede para que Oseias se afaste dos outros. Chibale confidencia ao pai que está interessado em Ana. Carinhoso, ele pede ao filho para esquecer, já que o rei também está interessado na dama. Ramsés se junta à Nefertari na piscina e, com jeito, pede para a esposa realizar o seu desejo e preparar Ana para aquela noite. Anrão não se sente bem e Zelofeade percebe. Ele diz estar se sentindo tonto e tenta despreocupar o amigo. Safira tenta encontrar um abrigo na rua e senta num canto. Yunet chega e a expulsa. Ahmós conversa com dois nobres e percebe Safira passando. Ele se encanta com a beleza da jovem e se aproxima. Percebendo o desespero dela e mal intencionado, ele aproveita a situação para oferecer um abrigo. Meketre chega em casa e conta para Tais e Judite que Ramsés está encantado por Ana. Taís fica maravilhada, mas Judite não esconde a apreensão. Nefertari pede ajuda a Paser para se livrar de Ana. Ele repreende a filha falando que ela está se comportando como Yunet. Nefertari se choca com a comparação e pede desculpas. Arão se encanta com o anel que Moisés deixa cair da sacola. Ele explica ao irmão que foi um presente dado por Ramsés. Eles percebem a aproximação de cinco homens mal encarados. Moisés alerta que provavelmente sejam assaltantes e Arão brinca dizendo que não tem nada que possa ser roubado, mas seu sorriso se fecha ao perceber o anel no dedo de Moisés.

Resumo da novela “Os Dez Mandamentos” (Record) de terça-feira, dia 26/12 – Capítulo 111

Diante dos quatro Amalequitas, Arão se controla para não partir para briga e Moisés tenta manter a calma. Um dos ladrões pede pressa na entrega dos pertences e Moisés entrega o anel. Em meio à tensão, Moisés oferece comida aos assaltantes e eles estranham a atitude do pastor de ovelhas. Hur percebe a tristeza de Henutmire e ela confessa que, apesar de todos os anos sem notícias, ainda sente falta do filho. Ahmós insiste em ter Safira como uma de suas dançarinas, a jovem fica irritada e ameaça ir embora. De forma falsa, Corá tenta ganhar novamente a confiança de Datã, que se incomoda com o assunto e interrompe a conversa. Eldade e Zelofeade ficam preocupados com o mal-estar de Anrão e o aconselha a ir para casa. Apuki não se solidariza com o problema do escravo e manda todos voltarem ao trabalho. Paser não consegue esconder a preocupação e confidencia a Simut que está muito espantado com a atitude de Nefertari em querer se livrar de Ana. Karoma fica surpresa ao ouvir a rainha pedindo para preparar Ana para Ramsés. Judite revela a Tais preocupação em ver o rei interessado na filha. Tais tenta acalmar sua dama, mas alerta quanto ao ciúme de Nefertari. Jairo insiste nas provocações a Oseias. O hebreu tenta manter a calma, até que não aguenta mais e reage aos ataques do feitor. Ana se desespera ao receber a notícia de que terá que se deitar com Ramsés e Karoma tenta acalmá-la. Bakenmut repara na felicidade anormal do rei. Ramsés tenta disfarçar, mas entrega o motivo de tanta alegria. Apesar de ter mandado Karoma preparar Ana, Nefertari está decidida em não deixar que Ramsés se deite com a dama. Leila desabafa com Gahiji e diz não saber o que fazer com os conflitos que envolve sua família. Apuki se alegra ao receber a notícia de que Ana foi escolhida pelo rei. Ele acredita que assim se torne um nobre. Nefertari tenta disfarçar os ciúmes diante de Ramsés, que está ansioso e feliz pela noite. Safira não consegue esconder o desconforto com os olhares dos clientes da Casa de Senet. Ahmós tenta acalmá-la e a elogia pelo trabalho. Dando continuidade ao seu plano, Nefertari se mostra atenciosa com Ana e tenta animar a jovem oferecendo a ela uma bebida. Ana termina de beber e é conduzida pela própria rainha até Ramsés. O faraó fica encantado com a beleza de Ana. Percebendo o medo da dama, ele oferece uma taça de vinho para distraí-la. Ao se virar para pegar a jarra, ele é surpreendido com o desmaio da jovem.

Resumo da novela “Os Dez Mandamentos” (Record) de quarta-feira, dia 27/12 – Capítulo 112

Ramsés vai até Ana desmaiada no chão e grita pelos guardas. Ikeni e um oficial entram e o rei pede para chamar Paser e Nefertari. Junto de Karoma, a rainha não segura a ansiedade para saber se seu plano funcionou, quando Ikeni chega apressado para avisar sobre o ocorrido. Abigail fica emociona ao ouvir de Zelofeade que Moisés é o salvador. Em oração, Leila pede perdão por ter se afastado de Deus. Bezalel se aproxima e, em meio à conversa, conta a Leila que decidiu ir morar na vila. Hur pede a Uri que tenha mais paciência com Leila e Bezalel. Ao ouvir as palavras do pai, Uri resolve seguir seus conselhos. Rancorosa, Bina exige que Corá lave a louça e critica o trabalho do marido. Corá se revolta com a postura da mulher e a humilha. Datã chega e, com raiva, Bina solta um olhar ameaçador para o marido. Enquanto aguarda os tios, Bak pergunta a Aoliabe se ele já foi à Casa de Senet. O jovem hebreu fica surpreso com o questionamento e, com a ajuda de Deborah, tenta explicar de uma forma superficial. Enquanto trabalha, Safira é observada por Apuki, que se aproxima da moça na intenção de levá-la paro o quarto. De forma seca, Safira recusa a proposta e avisa que está lá apenas para fazer a limpeza. Chibale tenta convencer o amigo a não ir morar na vila, mas Bezalel está certo da decisão. Henutmire sonha com o retorno de Moisés e acorda ofegante. Hur, que dorme ao lado, desperta com o susto e conforta a princesa. Joquebede mexe no baú e encontra o manto que foi de Moisés. Anrão se aproxima e, emocionados, eles divagam sobre os desígnios de Deus para o filho. Anrão vai até a casa de Corá preocupado com o ocorrido. Bina e Corá tentam manter as aparências e fingem emoção com as palavras do tio. Na tentativa de fazer Safira uma dançarina, Ahmós obriga Karen a se juntar ao plano dele e acusa Safira de roubo. Bezalel conta ao avô sobre a decisão tomada. Hur tenta fazer com que o neto pondere e o jovem fica pensativo. No trabalho da confecção dos cestos, Miriã entoa uma música em hebraico, emocionando Eliseba e Joquebede que cantam também. Enquanto caminham, Arão fica animado com a proximidade da chegada ao Egito. Na ansiedade de reencontrar a família, eles encontram forças em continuar a caminhada sem descanso.

Resumo da novela “Os Dez Mandamentos” (Record) de quinta-feira, dia 28/12 – Capítulo 113

Firmes no objetivo, Moisés e Arão observam a cidade diante deles. Ramsés se mostra irritado com a demora na recuperação de Ana. Agindo de forma cínica, Nefertari tenta acalmar o marido, mas Ramsés não está disposto a esperar por mais tempo e desiste da dama. Ainda muito debilitada, Ana recebe os cuidados de Paser, enquanto Simut e Karoma não escondem a preocupação com o que pode vir a acontecer com a jovem. Uri conversa com o pai sobre como Bezalel está triste. Hur concorda e lembra que o neto ainda mantém um conflito interno. Karen traz uma bela roupa sensual para Safira e tenta convencê-la a aceitar o trabalho. Sem escolha, Safira assente. Joquebede vai até a casa de Bina e pergunta por notícias de Safira, mas recebe uma resposta rancorosa. Em conversa com Ramsés, Meketre recebe a notícia que Ana adoeceu. Karoma conta a Simut que Ana não quer tomar a mistura com medo de ter que se deitar com o rei. Simut fica preocupado e alerta sobre a gravidade da situação. Enquanto trabalha, Anrão passa mal mais uma vez, causando preocupação em Eldade e Zelofeade. Deborah serve água a Datã e ouve uma cantada do rapaz. Aoliabe assiste irritado e é contido por Eleazar. Moisés e Arão entram na cidade com os rostos cobertos para não serem reconhecidos antes do tempo. Enquanto caminha, espantado com as obras e estátuas de Ramsés, Moisés esbarra em Yunet e se assusta com o estado dela. Uri desabafa com Leila sobre a tristeza de Bezalel. Ela finge não saber o motivo para não chatear o marido, mas acaba contando que o filho deseja ir embora do palácio. Tais conta a Judite sobre a saúde de Ana. A dama fica muito preocupada e, para acalmá-la, Taís promete levar Judite para visitar a filha. Paser conversa com Nefertari sobre Ana. Ele fica assustado com a falta de compaixão da filha e, percebendo que foi longe demais, Nefertari se desculpa. Pepy é consolado por Karoma ao ouvir as humilhações de Amenhotep, que faz questão de demonstrar seu poder. Joquebede tem uma grande surpresa ao atender a porta e encontrar Moisés. Ela abraça o filho e Miriã também se junta a eles em um emocionado reencontro. Em casa, Eliseba tem a mesma emoção ao ver Arão na porta. Bina se espanta ao ouvir de Corá que Safira está trabalhando na Casa de Senet. Enquanto isso, a jovem se prepara para a primeira apresentação como dançarina e não esconde o medo diante da situação. Bezalel conta ao avô que tomou uma decisão e vai deixar o palácio. Anrão chega do trabalho junto com os netos e repara na euforia de Miriã e Joquebede. Moisés aparece e surpreende o pai, que fica emocionado.

Resumo da novela “Os Dez Mandamentos” (Record) de sexta-feira, dia 29/12 – Capítulo 114

Anrão e Moisés se abraçam muito emocionados. Arão chega trazendo mais emoção à família. Zelofeade agradece a esposa pela grande mulher que ela é, mas Abigail demonstra tristeza por não poder dar um filho ao marido. Aproveitando a família reunida, Anrão relembra os momentos difíceis vividos por eles e pelo povo hebreu, emocionando a todos. Apesar da escolha de Bezalel, Hur se mostra orgulhoso com a decisão do neto e avisa que será necessário cuidado ao falar com o rei antes de deixar o palácio. Bina tenta impedir Corá de sair de casa e é humilhada pelo marido, que já não se intimida mais com as ameaças dela. Bak tenta mais uma vez saber o que acontece na Casa de Senet, mas Deborah e Aoliabe desconversam. Em sua primeira apresentação, Safira atrai todos os olhares da Casa. Karen fica enciumada por nunca ter visto uma reação assim. Karoma tenta animar o filho que ainda está triste com as palavras de Amenhotep. Ela explica que o menino precisa ser forte diante dos insultos do príncipe. Bezalel interrompe a briga dos pais e fala para Uri que agora precisa seguir o caminho que acha certo. Leila se emociona com as palavras, mas Uri não aceita a decisão do filho. Bezalel sai decepcionado com a falta de apoio do pai. Corá tenta entrar na Casa de Senet e é barrado por um segurança. Ahmós se aproxima e não permite a entrada do chefe dos escravos por não o considerar digno para o ambiente. Meketre avisa que precisa sair para visitar um fornecedor, mas Tais o seduz para convencê-lo a ficar em casa. Chibale fica encantado ao ver Ana dormindo e toca no corpo da moça. Ela acorda e eles iniciam uma conversa amiga, apesar do interesse a mais do rapaz. Apaixonados, Ramsés e Nefertari falam do triângulo amoroso do passado. O rei confessa sentir falta de Moisés, mas ela fica incomodada quando o marido brinca com um possível novo amor na vida do hebreu. Na casa de Joquebede a família canta e dança reunida. Anrão aproveita o momento e chama Arão e Moisés para conversar no quarto e abençoa os filhos. Ahmós tenta convencer Safira a receber seu primeiro cliente. Diante da recusa da jovem, ele se mostra compreensivo, mas Apuki, Jairo e os demais frequentadores lamentam. Interessado em conhecer melhor o tio, Oseias inicia uma conversa com Moisés e se mostra disponível em ajudar no que for preciso. Antes de dormir, Joquebede e Anrão conversam emocionados sobre o dia especial. Ao acordar, Joquebede faz um afago no marido e percebe algo estranho, Anrão não acorda. Miriã, Moisés e Oseias se assustam com o grito vindo do quarto e levam um choque ao perceber que Anrão está morto. O patriarca é sepultado sob uma forte emoção. Bina reage surpresa ao ver Arão. O escravo hebreu faz um discurso que emociona a todos. Ele fala sobre os motivos de sua fuga do Egito e revela que Moisés está ali. De imediato, Moisés não é reconhecido, até que uma voz grita o nome do príncipe hebreu. Moisés olha para o povo e fala que Deus o enviou para libertar os hebreus da escravidão. Espantados, os presentes se comovem com a fé de Moisés.

O conteúdo dos resumos da novela “Os Dez Mandamentos” é de responsabilidade da emissora, de modo que o Giro na TV se isenta de qualquer mudança realizada nas edições dos capítulos.

Deixe um comentário