Resumo semanal – novela Os Dez Mandamentos de 19/03 a 23/03

0
(Foto: Reprodução/Record)

Confira abaixo o resumo da semana da novela “Os Dez Mandamentos”, de 19/03/2018 a 23/03/2018. A novela está sendo exibido no canal “Record”, a partir das 19h45.

Resumo da novela “Os Dez Mandamentos” (Record) de segunda-feira, dia 19/03 – Capítulo 170

Moisés alerta os hebreus sobre a chegada da nova praga. Datã se espanta ao ouvir de Nadabe e Abirão que o dia virará noite. Arão descobre que Moisés foi avisado por Deus sobre a chegada da nona praga. Enquanto arrumam os preparativos para o casamento de Deborah, todos na casa de Zelofeade se surpreendem com a chegada de Bezalel. Ele avisa que trevas tomará conta do Egito. Oseias decide avisar Ana sobre a praga que está chegando. Gahiji e Chibale chegam à Vila dos hebreus. Paser pede para Nefertari convencer Ramsés a liberar o povo hebreu. Apuki se irrita ao notar a ausência dos escravos no local de trabalho. Oseias chega até a casa do feitor e avisa à Ana e Judite que o dia virará noite. Em cima do telhado de uma casa, Moisés estende as mãos e trevas espessas começam a surgir no céu na direção do Egito. A cidade é tomada pela escuridão. Oficiais se desesperam ao ver a escuridão se aproximando. Bakenmut pede para o rei ir até o terraço. Gahiji e Chibale chegam à casa de Zelofeade e estranham as lamparinas acesas em plena luz do dia. Ramsés se desespera ao ver o céu tomado pela escuridão. Oseias chama Ana e Judite para o interior de sua casa. Egípcios se apavoram com a escuridão total. Os nobres do palácio tentam acender lamparinas para evitar o breu total. Paser diz a Simut que o Deus de Moisés está provando ser mais poderoso que os deuses egípcios. Amenhotep se desespera ao notar que a iluminação se apaga por onde ele passa. Enquanto o céu é coberto pelas trevas, Apuki encontra com Jairo no local da fabricação de tijolos e eles fogem temerosos. Arão avisa aos outros hebreus sobre a nona praga invocada por Moisés. Nefertari tenta acalmar Amenhotep. Enquanto observa o nevoeiro negro se aproximando, Ramsés sente medo ao sumir na escuridão. Moisés sobe no terraço e avista o Egito tomado pela escuridão. Ramsés se desespera ao ver a sala do trono às escuras. Bakenmut avisa que tentou acender as chamas, mas elas se apagam em seguida, deixando o rei irritado. Amenhotep entra em pânico vendo tudo escuro e Nefertari, mesmo apavorada, tenta acalmá-lo. Karoma pede que as mulheres do harém mantenham a calma. Apesar do medo, Ikeni caminha pelo corredor se escorando nas pilastras. Gahiji e Chibale ficam impressionados pelo dia ter virado noite. Leila, Abigail e Deborah aceitam doar pães para alimentar os nobres. Sozinho e com luz no quarto, Uri se preocupa com a nova praga. Judite e Ana buscam abrigo na casa de Joquebede. Arão imagina a aflição dos egípcios por não terem luz e estarem sem a proteção do deus sol. Uri ilumina o caminho com a tocha e ajuda Ikeni a encontrar Karoma com Pepy. Gahiji e Chibale decidem ficar na casa de Leila até o fim da praga. Único morador do palácio com acesso a luz, Uri decide se colocar a disposição de Ramsés. O rei pede o joalheiro o ajude a encontrar Nefertari e Amenhotep. Hur comemora que Gahiji e Chibale irão participar do casamento de Bezalel e Deborah. Bezalel conta que fará de tudo para fazer Deborah ser a mulher mais feliz do mundo. Aflita, Ana teme que Apuki nunca confie na força do Deus hebreu. Bezalel recebe ajuda de Zelofeade, Aoliabe e Bak para arrumar a decoração da vila. Abigail ajeita o vestido de Deborah, enquanto Joquebede arruma os cabelos da noiva. Leila, Gahiji, Chibale, Safira e Bina preparam as comidas do casamento. Nefertari avisa Ramsés que Gahiji foi à vila buscar pães, mas ainda não voltou. Bezalel cria uma linda joia para Deborah com a ajuda de Hur. Três dias se passam após o início da praga.

Resumo da novela “Os Dez Mandamentos” (Record) de terça-feira, dia 20/03 – Capítulo 171

Zelofeade e Aoliabe recebem os convidados. Ramsés ordena que Uri traga Moisés até o palácio. Pronta para a cerimônia, Deborah é elogiada por Abigail, Joquebede e Leila. Nervoso, Bezalel estranha demora da noiva. Deborah aparece e Moisés oficializa a união entre o casal. Emocionado, Uri chega à vila e acompanha o casamento sem ser visto. Moisés abençoa a união de Deborah e Bezalel. O noivo presenteia sua amada com a joia feita por ele. Uri se emociona ao se encontrar com o filho. Amenhotep pede para Nefertari e Ramsés pararem de discutir. Ikeni tenta acalmar Pepy. Simut e Paser conversam em meio à escuridão. Uri avisa a Moisés sobre o chamado do faraó. Tais e Meketre se desesperam ao ver os filhos debilitados. Apuki diz que quando a praga acabar mudará de vida. Hur pede para Uri abandonar o palácio. Moisés avisa a todos na cerimônia que irá se encontrar novamente com o rei. Bezalel anuncia o fim da festa. Datã diz que Moisés estragou tudo e é reprimido por Safira. Ao deixar o local do casamento, Gahiji leva alguns pães para os nobres do palácio. Uri se despede dos recém-casados. Oseias se propõe a ajudar Apuki, mas Miriã alerta que pode ser pior. Arão e os filhos ficam ansiosos com o encontro de Moisés com Ramsés. Gahiji entrega os pães dos hebreus para Nefertari e Amenhotep. Uri avisa a Ramsés que Moisés o aguarda na sala do trono. Bezalel e Deborah aproveitam a primeira noite do casal após o casamento. Ramsés propõe que Moisés parta com seu povo, mas deixe os rebanhos e o gado. O libertador se recusa a aceitar a proposta do faraó. Gahiji e Chibale se espantam com o ódio de Nefertari por Moisés. Ramsés se irrita e diz que os escravos não serão libertados. Moisés lamenta a atitude do soberano egípcio. Nefertari se enche de felicidade ao ver novamente a luz do dia. Com a ajuda de Uri, os egípcios Gahiji e Chibale se dividem para distribuírem pães para as pessoas do palácio. Apuki e Jairo admiram a luz do dia. Antes de deixar o palácio, Moisés encontra com Paser. Ele pergunta ao sacerdote sobre o paradeiro dos restos mortais de José do Egito. Deborah e Bezalel trocam juras de amor. Paser tenta convencer Ramsés de libertar os escravos, mas o faraó não cede. Meketre e Tais se desesperam ao ver os filhos com fome. Gahiji e Chibale se lembram dos momentos ao lado dos hebreus. Ramsés se declara para Nefertari. Judite e Ana agradecem a ajuda e se despedem de Calebe, Oseias, Miriã e Joquebede. Moisés chega às margens do Nilo e chora arrasado. Arão se mostra preocupado com o irmão. Deus avisa a Moisés sobre a chegada da última praga. Arão lamenta todo o sofrimento trazido junto com as pragas. Deus manda Moisés seguir em sua missão. Joquebede desabafa com Miriã e diz estar preocupada com o filho. Paser avisa a Simut que está procurando informações sobre José, o hebreu que governou o Egito. Confiantes, Nefertari e Ramsés trocam carinhos e elogios. Bezalel diz que ficou feliz com a presença de Uri no casamento. O joalheiro confessa para Gahiji que se considera um egípcio. Ramsés conversa com Amenhotep e tenta reanimar o filho. Meketre vai até a casa de Apuki pedir por alimento. Moisés chega até o palácio e pede para falar com o faraó. Ikeni impede a entrada dele. O libertador dos hebreus avisa que se não entrar será impossível evitar a mais destruidora de todas as pragas. Na presença do faraó, Moisés anuncia a última praga. Ele avisa que todo primogênito do Egito morrerá. O rei fica furioso e o expulsa da sala do trono.

Resumo da novela “Os Dez Mandamentos” (Record) de quarta-feira, dia 21/03 – Capítulo 172

Ikeni suplica para ser poupado da nova praga. Moisés então pede para o oficial acobertá-lo. O libertador dos escravos vai até o quarto de Nefertari. Ikeni alerta Karoma sobre o mal que ainda está por vir. Moisés avisa a rainha que se o faraó não libertar o povo hebreu, Amenhotep pagará com a vida. Ikeni tenta acalmar Karoma depois da notícia. Enquanto tenta fazer com que Nefertari convença o marido, Eles são surpreendidos com a chegada de Ramsés. O faraó avisa que já tomou a decisão e ordena que Moisés deixe o palácio. Bakenmut diz que o rei deseja falar com Ikeni. Meketre mente para Tais ao dizer que conseguiu alimento com um mercador. Moisés chega em casa e conta como foi o encontro com o soberano egípcio. Ele avisa que Deus ceifará todos os primogênitos. O libertador pede para os familiares reunirem os hebreus na casa de Joquebede. Ramsés se reúne com Ikeni e Bakenmut e diz que estão em guerra. Nefertari desabafa com Paser sobre o aviso de Moisés. O libertador conta sobre a praga da morte dos primogênitos para Arão. Simut procura por alimento na cozinha do palácio. O faraó se surpreende ao ouvir Paser dizendo que Tuya e Seti perderam um filho antes de terem Ramsés. Sem deixar o filho desconfiar de nada, Nefertari pede um abraço para Amenhotep. Deus avisa a Moisés e Arão que todos precisarão matar um cordeiro para proteger o primogênito. Joquebede explica a vontade de Deus com a última praga. Nefertari se decepciona ao saber que Ramsés não quis ouvir Paser. Moisés explica como os outros hebreus farão para proteger seus primogênitos. Ele diz que deverão passar o sangue do cordeiro morto nas portas de suas casas. Os hebreus na casa de Zelofeade fazem planos com a liberdade. Paser volta para sua sala e começa a mexer em alguns frascos. Moisés orienta os hebreus para se protegerem da última praga. Nefertari e Ramsés conversam sobre Moisés e acabam discutindo. Eles se entendem e o faraó adormece. Nefertari se certifica que ele está dormindo e deixa o quarto. A rainha se encontra com Paser, Ikeni e Karoma no corredor do palácio. Hur, Leila e Bezalel se preocupam por Uri estar desprotegido no palácio. Na dúvida se é mesmo filho de Meketre, Bak teme que Hori não sobreviva à nova praga. Datã se nega a fazer as pazes com Corá. Moisés se espanta ao receber a visita de Nefertari. Uri, Gahiji e Chibale ficam assustados ao saberem que a próxima praga matará todos os primogênitos. Desesperada, Nefertari suplica para que Moisés livre Amenhotep de ser atingido pela nova praga. O libertador conta que a única forma da praga ser evitada é que Ramsés deixe o povo ir embora. A rainha diz que o rei nunca aceitará essa condição e vai embora furiosa. Arão e Oseias procuram Apuki para alertá-lo sobre proteção da vida de Jairo antes do início da praga. Acompanhado de Leila e Bezalel, Hur pede que Ikeni consiga trazer Uri para encontrá-los. Uri fica surpreso ao saber que a família está o aguardando. Hur, Leila e Bezalel tentam convencer Uri a buscar refúgio na vila contra a praga. Para ajudar Ikeni a salvar a vida de Pepy, Uri explica que ele deve sacrificar um cordeiro e passar o sangue na porta do quarto do filho. Ramsés se esforça para mostrar confiança a Amenhotep, dizendo que nada de ruim acontecerá com ele. Apavorado, Amenhotep abraça Paser e implora para não morrer, deixando o avô angustiado. Nefertari revela para Ramsés que procurou Moisés na tentativa de salvar a vida de Amenhotep. O rei controla o ódio e a recrimina.

Resumo da novela “Os Dez Mandamentos” (Record) de quinta-feira, dia 22/03 – Capítulo 173

Aflita, a rainha avisa que ele deve autorizar a partida dos hebreus para que a Amenhotep não morra. Ramsés se nega a atender ao pedido de Nefertari e diz que nunca se curvará diante dos escravos. Escondido, Gahiji escuta a conversa dos soberanos. O faraó promete para a rainha que não deixará nada acontecer a Amenhotep. Paser tenta convencer o neto de que nada ruim acontecerá. Ramsés pede ao sumo sacerdote para lhe ajudar a preparar um grande culto no palácio. Para proteger o filho, o rei avisa que Amenhotep dormirá com ele. Arão e os filhos correm contra o tempo para avisarem aos outros escravos sobre a precaução a ser tomada para a chegada da última praga. Uri conta para Gahiji como evitar a morte dos primogênitos. Judite e Ana vão até a casa de Meketre para avisar sobre o perigo que seu filho está correndo. O comerciante egípcio é rude e as expulsa dali. Jairo tenta alertar Apuki para o poder do Deus dos hebreus. Paser dá as últimas coordenadas para Simut buscar os restos mortais de José do Egito. Moisés se prepara para viajar. O libertador e os filhos de Arão avisarão a todo o povo hebreu que vive em todas as partes do Egito. A intensão é informar como os escravos deverão fazer para proteger a vida dos primogênitos. Joquebede e Miriã entregam bolsas com água e pães para a viagem. Bak implora para Abigail deixa-lo ir até a casa de Meketre. O menino está preocupado com a vida do irmão Hori. Hur conta para os outros hebreus sobre o filho que a rainha Tuya perdeu antes do nascimento de Ramsés. Em conversa com Tais, Meketre disfarça e não revela o que sabe sobre a chegada da nova praga. Ana e Judite enfrentam Apuki. Para proteger o filho, Nefertari e Ramsés dormem com Amenhotep. Apuki e Jairo bebem com Ahmós na Casa de Senet. Ikeni e Karoma temem a força de Deus. Preocupados, Uri e Gahiji conversam sobre o futuro do Egito. Eliseba e Arão se animam com a liberdade dos escravos. Miriã compõe canção em homenagem à Ana e Oseias. Simut se despede de Paser e se prepara para viajar em busca dos restos mortais de José do Egito. Nefertari e Ramsés ficam aliviados ao amanhecerem ao lado de Amenhotep. Corá avisa aos filhos sobre a décima praga anunciada por Moisés. Tais encontra Ana e Judite caminhando pela cidade. Ramsés e os nobres do palácio dão início ao grande ritual. O faraó anuncia que não deixará nada de mal acontecer aos egípcios. Ana e Judite contam sobre a última praga para Tais. Mas elas não revelam nada sobre o cordeiro. Ramsés agradece a presença de Nefertari no ritual. Ana e Judite chegam à casa de Joquebede. Nefertari desabafa com Karoma. Ela diz que era melhor ter fugido com Moisés quando eram jovens. A rainha é surpreendida ao notar que Ramsés escutou a conversa. Ramsés com ódio pede para que Karoma saia do quarto. O faraó questiona Nefertari se ela ainda ama Moisés. Ela decide enfrentar o rei e diz que ele perdeu a guerra para Moisés e que não faz nada para salvar a vida de Amenhotep. Ramsés perde a cabeça e dá um tapa na cara de Nefertari, que fica assustada e magoada. Karoma pede a Radina que ela chame Paser e peça para que o sumo sacerdote vá até o quarto real. Tais cobra satisfação de Meketre sobre a praga dos primogênitos. O egípcio diz que irá falar com o faraó. Ana diz para Joquebede que pretende se livrar das roupas e joias egípcias e adorar apenas ao Deus dos hebreus. Elas pedem que emprestem roupas hebreias e surpreende a todas. Atordoado, Ramsés se dá conta de que Nefertari realmente nunca deixou de amar Moisés.

Resumo da novela “Os Dez Mandamentos” (Record) de sexta-feira, dia 23/03 – Capítulo 174

Paser conversa com Nefertari e diz que ela precisa reverter a situação. O sacerdote pede para que a rainha vá atrás de Ramsés e converse com ele. Bak tenta conversar com Meketre a respeito da praga, mas é escorraçado pelo pai para choque das crianças. Bak reage e diz que se não fizer nada, Hori pode morrer. Hori fica assustado com o que ouve. As crianças voltam para casa e desabafam com a mãe Tais, dizendo que Bak tentou ajuda-los mas foi expulso por Meketre. Ana e Judite tiram todas as roupas, joias e maquiagens egípcias e se tornam hebreias. Nefertari conversa com Ramsés e entram num acordo, mas a rainha permanece preocupada e insegura. Oseias fica ainda mais apaixonado ao ver Ana vestida de hebreia. Hur diz a Bezalel e Zelofeade que tentará falar com Uri mais uma vez e convencê-lo a se proteger da décima praga. Apuki diz que está dividido entre acatar às orientações dos hebreus ou arriscar a vida de Jairo. Chibale e Gahiji ficam angustiados com a possível chegada da praga. Paser diz a Ramsés que a única forma de interromper a praga é permitir a saída dos hebreus do Egito, mas o faraó diz que isso não irá acontecer. Moisés retorna à vila trazendo os cordeiros. O libertador dá as instruções aos hebreus dizendo o que devem fazer. Alguns dias se passam. Aliviado, Ramsés diz a Paser que os deuses os protegeram da praga. Bakenmut diz ao faraó que Moisés foi avistado liderando um grande número de hebreus e trazendo cordeiros. Ramsés fica intrigado com a informação.

O conteúdo dos resumos da novela “Os Dez Mandamentos” é de responsabilidade da emissora, de modo que o Giro na TV se isenta de qualquer mudança realizada nas edições dos capítulos.

Deixe um comentário